SescTV estreia série sobre habitação e cultura

Com direção de Paulo Markun e Sérgio Roizenblit, a série Habitar vai ao ar no próximo domingo (10/11), às 20 horas

Paulo Markun e Sérgio Roizenblit estreiam em 10/11, no SescTV, a série Habitar, que promete levar o telespectador para dentro das casas, dialogando com moradores e especialistas para estabelecer relação entre habitação e identidade cultural a partir de características que resultam em distintas formas de morar, mostrando que a arquitetura se constrói de acordo com as necessidades, a cultura e a  geografia locais. Os personagens contam como é possível viver e ser feliz nas mais diferentes situações, e como os espaços onde vivem refletem suas rotinas e preferências. A casa é o ponto de encontro, onde histórias individuais, políticas, econômicas e sociais se cruzam, formando um documento de época. Serão 13 episódios de 52 minutos (também disponíveis em www.habitarhabitat.com.br), exibidos semanalmente. Na estreia, Palafitas e casas flutuantes da Amazônia. Ainda em novembro serão apresentados os episódios Repúblicas (dia 17), que revela como se organizam os sistemas de moradias universitárias, e Casa de arquiteto (24), sobre como arquitetos projetam suas próprias residências. A produção da série percorreu mais de 12 mil quilômetros, passando por 18 cidades, de Norte a Sul do País. Foram mais de 225 depoimentos de moradores, urbanistas, arquitetos, historiadores, antropólogos, artistas plásticos, entre outros. O diretor Roizenblit comenta que a obra é um documento de época, um mapeamento do povo brasileiro e de sua cultura, que colabora para o entendimento da vastidão do Brasil. Para Markun, a série recupera narrativas individuais e coletivas, formando um panorama de como os brasileiros habitam o País. Nesta 4ª.feira (6/11), Habitar será lançada com debate
sobre Cultura e Habitação entre os arquitetos Ciro Pirondi e Paulo Mendes da Rocha, mediado por Paulo Markun, a partir das 20h, no Sesc Vila Mariana, em São
Paulo (rua Pelotas, 141). O vídeo promocional pode ser conferido em http://bit.ly/1bacqHZ

fonte: Jornalistas & Cia